quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

E esse 2012, foi dos bons ou quê?

Ora que me eis de volta, ao fim de mais de um ano de silêncio. Nem sei se ainda está alguém aí desse lado, mas isso também não interessa nada, sempre escrevi essencialmente para mim, o resto das pessoas (na sua maioria) fofinhas que por aqui passavam eram um bónus (muito agradável), mas nunca escrevi verdadeiramente para elas. Escrevia porque sempre gostei de escrever, porque era terapêutico, quase um exercício de higiene mental. Ensinaram-me que narrativas nos ajudam a integrar melhor os acontecimentos na nossa estória de vida e eu experienciei isso na primeira pessoa aqui no Estórias da Cinderela. Podia dizer que me deu preguiça de continuar, que não tive tempo, mas estaria a mentir. Arranjamos sempre tempo para o que queremos. No fundo, e se justificações forem precisas, creio que tudo se resume ao facto de que não me apeteceu escrever. Não senti essa necessidade e pareceu-me parvo manter um blog só porque sim.

2012? Foi memorável. Sei que daqui a muitos anos vou olhar para trás e vou sempre sorrir ao lembrar o ano que passou, em que não aconteceu absolutamente nada de mau. Claro que alguém com a minha bagagem tem sempre uma perspectiva enviesada quanto àquilo que pode ou não ser considerado mau, mas não me lembro de nada que possa apontar a 2012. Tive saúde, as minhas pessoas tiveram saúde, tive trabalho, não me faltou nada. E tive o resto: tive risos e gargalhadas, tive noites compridas e mal dormidas pelos melhores motivos, dancei muito, fui a Amesterdão e a Londres, tostei sob o sol do Algarve, fiz piqueniques junto ao rio em Trás-os-Montes, conheci Sintra, festejei o último ano dos 20’s com as pessoas que me são importantes, fui a vários concertos e festivais… Mas mais importante que tudo, encontrei o amor da minha vida, apaixonei-me, tive a sorte de ser correspondida e fui muito feliz. Uma felicidade que se tem prolongado a este início de 2013 e que eu acredito que se vá estender pelo resto da vida.

Se ele é assim tudo o que eu sonhei? Não, é bastante diferente, mas em melhor. E é meu.

Pois que é neste estado que volto aqui ao blog: feliz, apaixonada e com aquelas lentes cor-de-rosa que nos fazem achar que apesar da crise, das novas tabelas de IRS, de ser Janeiro e estar frio, a vida é fantástica!

8 comentários:

Anónimo disse...

Passei por aqui algumas vezes durante este ano.
É bom saber que foi um ano feliz.E que 2013 assim continue!

Bjinhos,
Angela

Anónimo disse...

Finalmente! Vim aqui várias vezes e tinha medo de não voltar a ver nada escrito. E sem saber se se tinha passado alguma coisa contigo, se estava tudo bem... Foi mau. Mas fico (mesmo) muito feliz por saber que estás bem e, pelos vistos, melhor que nunca :) Desejo-te as maiores felicidades! Beijinhos

MoonLight disse...

é tão bom ter-te de volta!=D

D. disse...

Voltaste, Cinderela!:) Caramba, agora fiquei mesmo feliz por ti!:)
beijinhos

Analog Girl disse...

Yeah! De volta e cheia de optimismo! Gosto muito! Bem-vinda! :)

Belicious disse...

Eu vou fazer uma nova passagem de ano esta semana! Os exames ocuparam todo o mês, não coloquei resoluções em prática e o espírito foi-se. Agora tudo recomeça :) feliz 2013!

A mais velha disse...

Fiquei muito contente: pelo regresso e por te saber tão feliz! :) parabéns, que assim continue, e que vás aparecendo!... ;)

Leana disse...

Hoje lembrei-me de ti (só hoje não já que são muitas as vezes que me lembro da sua pessoa) mas hoje decidi vir à tua procura. E deixar-te um beijinho. Espero que estejas bem e, se ou quando quiseres, dá notícias. :)