domingo, 14 de junho de 2009

Dos blogs masculinos (assim a atirar pró feminino)

Epá, não tenho paciência nenhuma para aqueles blogs escritos por homens que parecem versões masculinas das crónicas da Carrie Bradshaw no Sexo e a Cidade!
Não tenho mesmo! Pensem o que quiserem de mim, mas odeio ver homens a divagar sobre aquilo que procuram numa mulher, relações, traições, e dramas domésticos que tais. Fica-lhes mal!
Se há coisa que admiro no sexo oposto, é o pragmatismo, a simplicidade, a descomplicação, a não necessidade de racionalizar tudo quanto lhes acontece... Para isso, estamos cá nós! Quando me deparo com homens assim tão analíticos, sinto logo ali uma aversão instantânea, é mais forte do que eu.

Preconceituosa, eu? Talvez... Mas vou continuar a achar que quando não escrevem sobre futebol e jogos para a Playstation os homens estarão sempre fora do seu elemento... E há muito poucos que aí consigam permanecer com graciosidade!

1 comentário:

Corset disse...

hmm discordo. Acho que os homens podem falar de relações. Tudo depende da forma como o fazem. é tudo uma questão de estilos. por norma, e generalizando, homens e mulheres têm formas diferentes de escrever, falar, sentir, ver o mundo, etc. Eu cá até acho piada a um homem que fale de relações, mas à sua maneira, e não à maneira das 500 mil mulheres que querem ser uma Carrie Bradshaw e que até já irrita.. uma é bom, 2 já é demais, 3 é multidão e enjoa...

Portanto, quando vejo um gajo falar de relações de uma maneira "à gajo" gosto. Quando é à maneira que está na moda (a tal da Carrie lol) aí já so apetece clicar na cruzinha no canto superior direito da página :P

**