terça-feira, 27 de julho de 2010

J. e V.

Namoravam há 14 anos. Ele entrava em casa dela sem pedir licença e já ninguém estranhava. Afinal, ele era da família e era tratado melhor do que muitos parentes de sangue. Todos lhes perguntavam quando iriam casar. No ano passado, ele teve uma conversa séria com os pais dela, disse-lhes que a moradia que estava a construir seria para ambos viverem depois de casados. Sim, porque eles planeavam casar. Ainda não haviam definido uma data, mas era certo que casariam.

Ontem soube que ele anda por aí, feliz e contente, agarrado a uma colega de trabalho. Ela está tão deprimida que nem consegue sair de casa. É assim a vida...

9 comentários:

Gelatina de morango disse...

Eu também tinha tantos planos... Namorava há 10 anos. E de repente não deu mais para continuar.
Nada é certo na vida, nada mesmo.

Cris disse...

Eu tive um namoro longo que também não deu em nada e depois disso comecei a notar que a maioria dos namoros longos sempre acabam, fiquei bem desacreditada, tanto que eu e meu marido namoramos apenas um ano e estamos felizes!!

Poetic GIRL disse...

Nada é eterno, muito menos o amor... bjs

Frutinha disse...

Deve ser tão triste quando essas coisas acontecem... Nem é bom pensar nisso.

Olhos Dourados disse...

Fónix, a vida é mesmo injusta.

GATA disse...

Há muito tempo que cheguei à conclusão que as relações, sejam de amor ou de amizade, são puro interesse: quando acaba o interesse, acaba a relação!

Jane disse...

Que mau...

Anónimo disse...

Uma salva de palmas ao senhor. É mesmo de admirar gente assim.

*C*inderela disse...

Bolas, por essas bandas é só histórias tragicas! É uma situação bastante complicada ... havia muitas expectativas em jogo!