sábado, 7 de agosto de 2010

Report dos 27

Meia-noite em ponto e já tinha as minhas pessoas a cantarem-me os parabéns. Muitos beijinhos, muitos abraços, muitos mimos, muitos "ah, porque os 27 é que vão ser". Vem o primeiro presente, o da irmã. Manda-me fechar os olhos e quando os abro já lá está um embrulho. Rasgo o papel e... Uma Wii! Nem queria acreditar! Mais beijinhos, mais abraços, "ah, porque tu mereces", "mereço, mas já ficava contente com um simples livro". Depois diz que ainda há mais e lá vem outro embrulho: a Wii Fit para compor a festa! Não há irmã como a minha! Escusado será dizer que estive até às 4 da manhã a experimentar o brinquedo novo.


Como não deu para alterar o compromisso que tinha das 19 às 21, resolvi baldar-me durante o dia. Ainda adiantei algum trabalho a partir de casa, mas foi coisa pouca e fiquei com bastante tempo livre para continuar a testar as potencialidades da Wii. Telefonemas, sms's, amigas que se continuam a lembrar de mim mesmo quando eu não lhes dou a atenção que mereciam. Almoço caprichado e tarde para trocar uns presentinhos que não serviram: o anel personalizado da mãe (estava enorme), os brincos dos pais (gostei, mas vi na ourivesaria uns mais bonitos) e o vestido às bolinhas do El Corte Ingles (apertado).
Pastelaria para buscar o bolo de aniversário. Senhora da pastelaria admiradíssima quando lhe pedi velas para 27 anos. Diz que pareço uma menina e que me dava, no máximo, 18. Não deve ser bem assim, mas a mentirinha caiu bem e serviu para fidelizar a cliente.

Lanche rápido e lá fui eu, rumo ao tal compromisso profissional que não deu para adiar. Saí já tarde, pelo que o jantar, um caril de frango de comer e chorar por mais, foi mesmo em casa. Seguiram-se os Parabéns em torno do bolo, com velas trincadas e desejos pedidos no fim. O Champomy fez as vezes do champagne e no ar a esperança de que para o ano já se possa fazer um brinde com bebidas de gente grande.

Fim de noite a jogar bowling via Wii, muitas gargalhadas à mistura e o coração quentinho, por ver que a minha gente se esforça mesmo por me ver feliz. E isso, às vezes, vale mais do que a própria felicidade.

11 comentários:

Mysterious Girl disse...

Ainda bem que o teu dia correu assim =D fico mesmo contente :P

E é bom ter pessoas assim à nossa volta, mereces!

ps: quando é que convidas o pessoal para um joguinho?

Gelatina de morango disse...

Bela prenda =)!

O último parágrafo tocou-me lá no fundo... De facto o amor da nossa gente é uma benção inestimável, independentemente de como possa estar tudo o resto na nossa vida.
Beijinho

*C*inderela disse...

Ainda bem que o dia correu bem :)

Anónimo disse...

Perfeito!
Mereces isso e muito mais. (:
Fico feliz por saber que tudo correu bem.
Muitos beijinhos **

nuvem.de.algodão doce disse...

parece-me ter sido um bom dia :)
E que venham mais assim.
*

Kika disse...

Foi um bom dia! E espero que os 28 sejam brindados com bebidas de gente grande e cheios de razões para comemorar :)

D. disse...

Que bom!!Os miminhos sabem sempre bem!:)
beijinho

Suspiro do Norte disse...

Minha querida, ainda que atrasados, os meus parabéns..

Estamos cá para torcer que o futuro te sorria e sejas sempre muito muito feliz..

Abraço apertadinho,

Roxanne disse...

parabens! e ainda bem que o aniversário correspondeu as expectativas!

Tanita disse...

Querida,

Muitos Parabéns (embora atrasados)!

Sim, tens toda a razão: a família quando é assim como a tua, e quando nos sentimos felizes com os que amamos à nossa volta, é sem dúvida o melhor do mundo. Não precisávamos de mais nada, não é?

Beijinhos e sê muito, muito feliz!

(ah, que belo presente o da tua mana)

Poetic GIRL disse...

Nada como termos o coração quentinho! beijoca